Assistência Técnica ao Programa de Cooperação dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste com a União Europeia (PALOP-TL/UE)

Country
Mozambique
Position
Perito principal 1: Chefe de equipa
Expected Start
01 June 2019
Duration
880 working days
Deadline
16 November 2018
Contact
Tom Bultereys ( tbultereys@proman.lu )

Detailed description Back

O objectivo geral do projecto a que está associado o presente contrato é o seguinte:

  • Contribuir para a plena implementação do Programa Indicativo Plurianual do 11º FED e dos projectos em curso no âmbito do 10º FED, assegurando uma coordenação eficiente do Programa e a identificação de futuras modalidades de cooperação.

O objectivo específico do presente contrato é o seguinte:

  • Consolidar e desenvolver recursos tecnológicos que facilitem a participação no processo de tomada de decisão e a partilha de conhecimento, bem como o modelo de cooperação regional que equilibre a eficiência da centralização da gestão com acções tangíveis a nível nacional.

Qualifications

Habilitações e competências:

  • Formação académica de nível universitário ou equivalente no âmbito das ciências sociais, comunicação, direito, economia, recursos humanos ou equivalente;
  • Fluência em língua portuguesa (falada e escrita) e Inglês, incluindo capacidade de elaborar relatórios;
  • Conhecimentos e experiência comprovada de procedimentos do Fundo Europeu de Desenvolvimento (FED) e de ferramentas de monitoria e avaliação de projectos (PCM);
  • Experiência em utilização de sistemas e aplicações informáticas (internet, bases de dados, sistemas de comunicação, plataformas de tecnologias de informação);
  • Experiência na implementação de estratégias de comunicação e acções de visibilidade.
  • Experiência em gestão de equipa.

Experiência profissional geral:

  • 10 anos de experiência profissional relevante;
  • 5 anos de actividade profissional relacionada com o desenvolvimento ou a cooperação internacional.

Experiência profissional específica:

  • Significativa experiência anterior na assistência técnica em desenvolvimento de capacidades (administrativa, de comunicação e visibilidade) em instituições públicas de países em desenvolvimento.

Será considerada uma vantagem:

  • A experiência de trabalho anterior nos PALOP e Timor-Leste;
  • Experiência no âmbito de sistemas de TI para comunicação, gestão e partilha de informação;
  • Experiência no âmbito do desenvolvimento e avaliação da capacidade institucional.

Competências linguísticas:

  • Fluência em Português (falado e escrito) é uma exigência;
  • Fluência em Inglês ou Francês (falado e escrito) é também uma exigência, preferencialmente em Inglês.

Back to Top